Wild Side Campers

August 14, 2015

Este Verão é obrigatório descobrir Portugal

As férias de Verão estão perigosamente perto, e as principais referências de turismo começam a deixar as suas recomendações. As notícias são boas para Portugal e os Portugueses, com a Lonely Planet a considerar os Açores, Porto e as praias de Peniche como visitas obrigatórias este Verão, tornando 2015 definitivamente o ano para descobrir Portugal.

Descobrir Portugal é obrigatório em 2015

Para sermos específicos, o site seleccionou dez locais na Europa, dos quais três são em Portugal, a começar pelos Açores logo no 3º lugar, atrás de Akureyri, na Islândia e Leipzig, na Alemanha. Aos que desejam descobrir Portugal nesta sua versão paradisíaca, os Açores têm a seu favor a preservação da natureza, as paisagens vulcânicas impressionantes e únicas na Europa, além de uma ampla fauna costeira e marinha. Os Açores são por excelência a terra dos cumes verdejantes e lagoas fascinantes.descobrir Portugal

Já o outro destino obrigatório para quem quiser descobrir Portugal é o Porto, em anos recentes um dos destinos mais cobiçados em Portugal, mas os seus atractivos, ao invés da natureza, são o charme das suas ruas e a arquitectura centenária dos seus edifícios, e uma vida nocturna cada vez mais artística e erudita. Sem esquecer, claro, o grande néctar dos deuses que é o Vinho do Porto. O Porto ocupa o 10º lugar da lista dos 10 destinos turísticos obrigatórios para 2015.

Mas é verdadeiramente impossível falar em descobrir Portugal sem se falar em descobrir as suas praias, no que é uma das mais belas e extensas orlas marítimas da Europa. É aqui que entra Peniche, número 2 das melhores praias Europeias.

Se França ou Itália têm a fama, Portugal tem certamente a qualidade. Peniche é dos mais extraordinários pontos de mar no país, e uma das mais cobiçadas paragens para surfistas, graças às condições excepcionais da península que autorizam a prática do desporto praticamente durante todo o ano, ainda mais com as praias da Lourinhã e Ericeira ali tão perto. A uma curta viagem de barco de distância, as Berlengas estão mesmo ali, com fauna e flora ímpares em toda a Europa, e as suas famosas águas cristalinas.

Mas Peniche é igualmente história, com o seu forte seiscentista, e a longa tradição piscatória. Localizada na costa sul da península, temos também a caverna da Furninha, habitada durante o período paleolítico e um dos pontos arqueológicos mais importantes da zona. Isto sem falar nas inúmeras igrejas decoradas em diversos estilos arquitectónicos, do gótico ao barroco, e pontos de visita obrigatórios para quem gosta de visitar tesouros arquitectónicos.

Como descobrir Peniche sem esvaziar a bolsa

Peniche possui actualmente um conjunto de estruturas turísticas bastante avançadas, que vão desde os hotéis mais requintados, a surf houses de espírito aberto para férias em família e lições de surf para todas as idades. A localidade e as zonas circundantes oferecem por isso as férias ideais para qualquer orçamento e igualmente para qualquer filosofia de descanso, quer esta prefira os seus momentos zen ou a prática dos desportos em terra ou na água: BTT, canoagem, surf e mesmo a pesca, com a barragem de S. Domingos a ser um ponto de referência; tudo é possível na região. 9fcecf3d73 mini campervan

A aumentar o seu potencial, as riquezas de Óbidos e Caldas da Rainha estão mesmo ali ao lado. E chegar lá é fácil.

Quem quiser descobrir Portugal e Peniche em particular tem hoje em dia alternativas bastante económicas que lhe dão liberdade plena para explorar tudo o que a região tem para oferecer. O aluguer de scooters e autocaravanas é ideal para quem deseja a máxima mobilidade sem estar “ancorado” em qualquer unidade hoteleira, nem ter de viajar carregado de bagagem. Para as digressões mais amigas do ambiente, uma bicicleta é ainda melhor e com as duas rodas torna-se fácil explorar tanto as praias quanto as serranias.

Por isso, este ano venha descobrir Portugal e os tesouros de Peniche. Para quê procurar lá fora, quando há tanto para ser visto cá dentro?

 

July 10, 2015

Adere ao aluguer de motas na 2ª melhor praia europeia

A revista de viagens Lonely Planet considerou Peniche como a segunda melhor praia da Europa em 2015, numa tabela liderada pela Jaz, em Montenegro. Segundo a notícia publicada, “os apaixonados por história ficarão maravilhados com a zona mais antiga de Peniche, com as suas igrejas e o forte da cidade (…). Para praticar mergulho, pode apanhar-se um barco até às águas claras da reserva natural das ilhas Berlengas”, adiantanto ainda que, para os amantes do surf, tanto a Supertubos como a Medão Grande “são ideais para principiantes e famílias e, de uma forma geral, para descansar”. Peniche é, assim, um destino que agrada tanto aos mais radicais amantes do surf como às pessoas que se pretendem essencialmente perder na magnitude paisagística e histórica desta cidade. Se também tu queres aproveitar uns dias para conhecer esta cidade costeira, sabe então que o aluguer de motas em Peniche pode ser a melhor opção para conheceres a localidade e te aventurares em caminhos que ainda não te atreveste a explorar.

Que tipo de motas se pode encontrar em Peniche?

Scooters 2014Sendo uma cidade muito procurada por jovens, o aluguer de motas em Peniche disponibiliza sobretudo veículos de fácil condução: as scooters. Estas motas são extremamente práticas e simples de manobrar, não dispondo de mudanças, propiciando um maior equilíbrio do corpo, um arranque rápido, mas uma aceleração bastante controlada. As scooters revelam-se, assim, bastante eficazes para quem pretende circular por uma cidade, com total conforto, segurança e poupança, já que estas motas apenas consomem uma média de 1.6 litros aos 100 km.

Para além disso, o aluguer de motas em Peniche é uma opção bastante acessível à maioria das carteiras, sendo possível alugar uma scooter durante 24 horas por apenas 30€, o que já inclui o capacete do condutor (um capacete extra terá o custo de 5€), o seguro contra terceiros, quilómetros ilimitados e cadeado de segurança. Um valor a que dificilmente consegues encontrar um automóvel e que não seria suficiente no caso de pretenderes correr toda a cidade e arredores em transportes públicos.

Para poderes recorrer ao aluguer de motas em Peniche apenas necessitas de ter 18 anos já completos e carta de concução A (motociclos) ou B (veículos ligeiros). Depois disso, é só pegares na tua scooter e percorrer os maravilhosos caminhos da cidade de Peniche!

Atenção ao uso que dás à mota!

É preciso ter em conta que uma scooter não é uma mota todo-o-terreno (TT), pelo que há zonas em que não te podes aventurar com a tua moreta. Até porque, ao procurares o aluguer de motas em Peniche, será estipulado e assinado um contrato de utilização, o que significa que terás de te responsabilizar por quaisquer danos que ocorram na utilização da scooter, que deve ser devolvida sempre em bom estado de conservação e limpeza.

Se a scooter estiver suja com lama ou outros resíduos, poderás ter de pagar uma taxa de limpeza, e qualquer dano, perca de acessórios ou de peças será da tua responsabilidade, pelo que terá de ocorrer um pagamento de acordo com a tabela da empresa a quem fizeste o aluguer de motos em Peniche.

E porque uma scooter não é realmente uma mota TT, tem atenção também à tua segurança e esquece as subidas íngremes, os cavalinhos e os “piões” em espaços baldios. Estas motas não foram pensadas para esses efeitos, pelo que apenas irás comprometer a tua segurança, a saúde do teu corpo e, claro, a saúde da tua carteira – porque já sabes que, ocorrendo algum problema com a scooter, terás tu de assumir financeiramente a resolução do tema.

Mas se garantires a boa utilização da scooter, depressa vais perceber que o aluguer de motas em Peniche é realmente a melhor opção para quem pretende conhecer esta linda cidade, considerada agora como detentora da segunda melhor praia da europa. Com uma scooter, vais obter agilidade, conforto, liberdade, contacto com a natureza e poupança absoluta – tudo aquilo de que precisas para viver uns dias de sonho!