Wild Side Campers

July 20, 2015

Dedique estas férias a descobrir Portugal de lés-a-lés

Chegou, finalmente, o período mas desejado do ano: as férias. Mas, com elas, chegou também o momento decidir como ocupar este período de lazer e descanso, o que nem sempre se revela uma tarefa fácil para a maioria das pessoas. As ofertas são muitas e o orçamento familiar não é, infelizmente, elástico. Por isso mesmo, deixamos o desafio: que tal fazer as suas férias “cá dentro” e dedicar alguns dias a descobrir Portugal de lés-a-lés? Garante-se momentos únicos de diversão, de tranquilidade e de descobertas únicas neste país que esconde paraísos paisagísticos verdadeiramente surpreendentes!

O que pode Potugal oferecer, para além de praia e boa comida?

5170ef2589 7d576f9a25 mini auto-caravanaBom, mesmo que Portugal só oferecesse praia e boa comida, já teríamos aqui dois ingredientes fantásticos para umas boas férias! Mas a verdade é que, apesar de o nosso país ser essencialmente conhecido pelas suas maravilhosas praias, existem muitas outras opções para quem procura descobrir Portugal na sua essência.

Começando pela zona norte de Portugal, pode, por exemplo, pode fascinar-se com Braga, uma cidade incomparável e que é conhecida pela densa vegetação e pela enorme riqueza histórica – tendo sido precisamente aqui que nasceu Dom Afonso Henriques, o que faz com que esta cidade esteja repleta de monumentos e pontos turísticos que relatam a história de Portugal.

Uns quilómetros abaixo, encontra-se o Porto, que oferece inúmeras atividades culturais, desportivas e de lazer e que é conhecido pelas tradicionais francesinhas que fazem anualmente as delícias de milhares de turistas nacionais e internacionais.

E para se continuar a descobrir Portugal na zona centro, é inevitável visitar a histórica cidade de Alcobaça, caraterizada pelas ruas de aspeto medieval e pelas igrejas tradicionais, destacando-se aquela que é conhecida como a maior igreja portuguesa: o Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça. Imperdível é também Aveiro, uma cidade conhecida pelos canais que podem ser percorridos em barcos moliceiros, ou Coimbra, cidade a que se associa a vida estudantil, o fado académico e as inúmeras atividades históricas e culturais.

Passando Lisboa, a capital que acolhe a maioria dos eventos culturais do país, entra-se no maravilhoso Alentejo, que reune vilas, cidades e aldeias de uma beleza única. Aqui, destaca-se Évora e o seu sumptuoso templo romano, Beja com os seus valiosos vestígios arqueológicos, e Estremoz – que é uma cidade conhecida pelas magníficas paisagens planas e pelos seus traços medievais.

E, depois, sim, pode terminar-se de descobrir Portugal no turístico Algarve que, de Sagres a Tavira, oferece praias maravilhosas que são anualmente procuradas por milhões de pessoas.

Descobrir Portugal a baixo custo

Obviamente que a aventura de descobrir Portugal de lés-a-lés pode soar a um investimento que nem todas as carteiras podem suportar. Mas esta ideia não corresponde à verdade. Deixamos-lhe, por isso, apenas quatro dicas para que consiga descobrir Portugal a baixo custo (mesmo!):

Como se pode perceber, descobrir Portugal de lés-a-lés pode ser a melhor alternativa para as suas férias deste ano. A baixo custo mas com total garantia de satisfação!

Comments

  1. Morris
    October 5, 2016

    It’s going to be finish of mine day, however before end I am reading
    this great paragraph to increase my knowledge.

  2. youtube subscriber
    October 5, 2016

    Pretty! This was an extremely wonderful article. Many thanks for providing this information.|

  3. new jersey transit
    October 29, 2016

    If you wish for to take a great deal from this article then you have to apply such methods to your won website.|

  4. promo codes
    November 22, 2016

    hello!,I love your writing very a lot! percentage we keep up a correspondence extra approximately your article on AOL? I need an expert in this area to unravel my problem. Maybe that is you! Taking a look ahead to look you. |

Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>