Wild Side Campers

September 16, 2015

Material de surf em Peniche: na crista da onda!

Um surf é um desporto radical muito praticado na vasta costa portuguesa, devido às condições climatéricas favoráveis. Na região Oeste, Peniche apresenta gigantescas praias de areia branca, onde as ondas se sentem com bastante intensidade, fazendo os amantes do surf a nível mundial rumar a este destino. Devido à sua imensa procura, encontrar material de surf em Peniche também é fácil, basta dirigir-se à Wild Side Campers, uma loja que tem tudo o que precisa e muito mais.

A prancha é o elo entre o surfista e o mar. Uma boa prancha é essencial para quem quer ter um bom desempenho. Ela tem que estar adaptada ao tamanho e as características físicas do atleta.

Qual o material a utilizar na prática do surf?

Uma prancha é uma plataforma comprida e flutuante, usada para surfar ondas. Elas são relativamente leves, mas suficientemente 49b72b80298f651949896552dd0fdb2b largefortes para suportar o peso de uma pessoa em cima dela na onda. Tal como o surf, as pranchas foram inventadas na Polinésia.

Inicialmente feitas de Madeira ou Balsa, as primeiras pranchas tinham mais de 5 metros de comprimento e eram extremamente pesadas.

As pranchas modernas são feitas de poliuretano ou espuma de poliestireno cobertas com camadas de fibra de pano de vidro e polyester ou resina de epoxy. O resultado final é uma leve e forte prancha que é flutuante e manobrável.

Um fato de surf é um fato protetor usado para desportos aquáticos. Um fato de surf moderno é na maior parte das vezes feito de um fino neopreno. Os fatos ajudam a manter o calor do corpo conservando a água que foi aquecida através do calor do corpo. Um fato deve estar ajustado confortavelmente ao corpo para funcionar com eficiência. Se o fato estiver demasiado largo permitirá que a água escape entre o fato e o corpo, levando o calor do corpo com ela.

A prancha adequada e o fato são essenciais para a prática deste desporto náutico e pode encontrar este material de surf em Peniche da Wild Side Campers.

Dicas e curiosidades sobre o surf, descubra-as aqui!

  • O surf é conhecido como o desporto dos deuses. Isso porque na Polinésia somente os reis podiam praticar este desporto em pé. Aos súbditos restava praticar o surf deitado, uma espécie de bodyboard. Talvez tenha começado aí toda a rivalidade entre os dois desportos.
  • Cuide bem de sua prancha, afinal ela é a sua melhor amiga na prática deste desporto e se não for bem tratada poderá deteriorar-se mais rapidamente.
  • O melhor mar é o da manhã. Para encontrar as condições ideais à prática de surf e um mar com pouca gente, o mais indicado é que vá surfar bem cedo. É o melhor horário para a prática do surf.
  • Não tenha vergonha de procurar uma escola de surf. Além de ter todas as noções básicas evoluirá muito mais rápido. Ninguém nasce ensinado.

Na Wild Side Campers encontra tudo o que precisa para a prática do surf.

August 14, 2015

Surf em Portugal rendeu 46 milhões só em 2014

A zona de Peniche foi uma das que, no ano passado, recebeu as provas de seniores masculinos realizadas em Portugal e que terão rendido 46 milhões de receita mediática. As três provas foram a Moche Rip Curl Portugal Pro, Cascais Billabong Pro e Cascais Women”s Pro, tendo sido atingidas audiências televisivas globais de 299,5 milhões de pessoas, mais 19 milhões de visualizações online. Beneficiada foi particularmente a zona de Peniche, onde a presença do Moche Rip Curl dinamizou o mercado e levou muitos a alugar pranchas de surf em Peniche, contagiados pelo bom tempo, pelas oportunidades de surf e pelo evento.

É a alugar pranchas de surf que muitas carreiras começam

É a alugar pranchas de surf em Peniche ou na Ericeira que começam muitas relações de sucesso e duradouras com o surf. É nesse acto temporário que os iniciantes e mesmo os praticantes ocasionais cimentam a sua paixão pelo desporto, sem terem de investir demasiado alto na aquisição de uma prancha nova. O aluguer permite-lhes aos surfistas experimentar pranchas melhores e com características específicas que alteram o seu desempenho na água, mesmo quando de outro modo não teriam meios para tal.

pranchas de surfPara Adolfo Mesquita Nunes, secretário de Estado do Turismo, o surf é visto como um “eixo de comunicação privilegiado, de tal modo que Portugal é hoje reconhecido internacionalmente como o melhor destino de surf da Europa. Mais do que um desporto, a modalidade representa um estilo de vida e de relação com o mar e com a natureza.”

O surf tem um impacto directo e indirecto nos comércios locais. Alugar pranchas de surf em Peniche tornou-se uma fonte de receitas para a zona, e essa é apenas a ponta do icebergue: o desporto na zona está em alta e o aluguer de equipamentos desportivos em Peniche tornou-se um dos negócios mais rentáveis a atraentes para turistas. O surf é efectivamente das áreas em que Portugal possui mais vantagens face à concorrência turística da Europa, e o país tem vindo a apostar forte no chamado turismo de surf, que contribui para a divulgação da marca Portugal no exterior, e para a conservação dos recursos costeiros.

Governantes e comunidades locais acordaram finalmente para o grande contributo que o surf pode dar para a imagem de Portugal como um destino de Verão jovem e dinâmico, que mergulha na modernidade e já não serve apenas para reformados passarem tempos de ócio. A exploração e preservação da natureza, as festas e os eventos de dimensão internacional trouxeram para as costas Portuguesas novo sangue.

Alugar pranchas de surf em Peniche e os efeitos Rip Curl

A destacar no Moche Rip Curl é a massiva adesão do público que se desloca não só da zona, mas a partir dos conselhos e distritos vizinhos. É aí que a possibilidade de alugar pranchas de surf em Peniche se torna atraente, por forma a poderem viajar leves e experimentar equipamentos de topo.06 Prancha de Surf

Nada traduz melhor a popularidade do surf em Peniche como o facto do Mochee Rip Curl ter gerado 13,6 milhões de Euros apenas durante o período do evento, sem contar com as receitas anteriores e posteriores, e apenas na área de Peniche. No total, o retorno mediático do evento terá ascendido a 28 milhões de Euros.

O surf não é por isso apenas um desporto para jovens desocupados, é um desporto com uma forte presença e capacidade dinamizadora dos recursos locais, com uma forte componente ecológica, mas igualmente económica. Mark Noonan, da WSL (World Surf League) declarou recentemente que nos EUA, o surf tem cerca de 6,3 mil milhões de dólares em volume de negócios, o que dá algo como cinco mil milhões de Euros.

Em Portugal, esse volume será forçosamente menor, mas como se verifica pelas grandes receitas geradas só em 2014, percebemos que Portugal não é apenas um local onde os grandes praticantes gostam de cavalgar as ondas. É igualmente um local onde os fãs internacionais gostam de ver a prática de surf e onde os eventos têm uma tremenda força de tracção para revitalizar os locais onde se dão.

Por isso, porque não alugar umas pranchas de surf em Peniche para si e para a sua família e vir descobrir o que o mar da zona tem a oferecer que o tornam um ícone internacional tão reconhecido?

August 14, 2015

Porquê o aluguer de material de surf em Peniche

Peniche: ideal para a prática de surf

Peniche é verdadeiramente icónico a nível internacional pelas características geográficas que tornam a península ideal para a prática do surf, com vento offshore a ocorrer praticamente todos os dias em algum ponto da península. Ali mesmo ao lado, Ericeira e Lourinhã são excelentes opções para surfistas e body boarders encontrarem as ondas à sua medida nos melhores dias do Verão. aluguer de material de surf em peniche

No entanto, se está a pensar em vir passar as suas férias a Peniche e tiver finalmente coragem para experimentar o surf, não precisa de trazer o seu equipamento na bagagem, nem de o adquirir. Por comparação, o aluguer de material de surf em Peniche pode ser a melhor opção em termos de custo e qualidade de serviço. 

Para surfistas principiantes, ocasionais ou a dar os primeiros “passos” no desporto, o aluguer de material de surf em Peniche permite-lhe desfrutar das condições da zona sem os encargos extras da aquisição e manutenção de material de surf de custo potencialmente avultado e facilmente degradável, para uma utilização na melhor das hipóteses esporádica.

Para praticantes de outras áreas do país, o recurso ao aluguer de material de surf em Peniche também pode significar ter acesso a equipamentos mais adequados às condições meteorológicas que se façam sentir na zona, por comparação às águas mais frias de Aveiro, ou mais quentes da Costa Vicentina. Na possibilidade dos seus fatos de surf não garantirem o máximo conforto nas condições que aqui encontrar, o melhor será alugar um fato mais à medida das suas necessidades actuais.

Não só de fatos se faz o aluguer de equipamento de surf e se desejar experimentar uma prancha com características diferentes sem o orçamento necessário a uma aquisição, o aluguer é sem dúvida uma excelente opção.

 

Compensa o aluguer de material de surf em Peniche?

A resposta é definitivamente sim.

Já cobrimos algumas das razões pelas quais o aluguer de material de surf pode ser mais atraente que a aquisição. Se é apenas um praticante ocasional, vale a pena ter um fato ou uma prancha para o usar apenas uma vez por ano? Fora as questões monetárias que implicam a compra de uma prancha e a sua reparação, nem sempre temos na nossa habitação as condições certas para o armazenamento correcto deste equipamento que ainda ocupa algum espaço.

Por outro lado, temos as questões relativas ao que podemos comprar. Bons fatos e boas pranchas de surf podem ser caras e, por mais que amemos a actividade física, os melhores equipamentos podem estar longe do nosso alcance. O mesmo não acontece com o aluguer, que possibilita a utilização de equipamentos de gama superior àquela que usualmente utilizamos. Um bom fato de surf pode custar-lhe perto de €200, por vezes exceder mesmo os €300, enquanto o aluguer pode custar-lhe tão pouco quanto 5€ por algumas horas.

No limite, se está a ponderar comprar um determinado fato ou prancha, o aluguer de material de surf permite-lhe experimentar, sentir, avaliar o equipamento para descobrir se é à sua medida, o que lhe poupará a despesa e o incómodo de adquirir algo com o qual depois não se dá bem.surf Peniche

Finalmente temos as questões logísticas. Se está a viajar em família ou num grupo de amigos, o transporte de todo o equipamento pode ocupar o espaço de outros pertences importantes para as suas férias, muitos dos quais não poderão ser substituídos através de aluguer ou empréstimo. Viajar com pouca bagagem, pode transformar as suas férias em algo muito mais relaxante, com menos stress no planeamento e estabelecimento de prioridades.

Se estas motivações o convenceram, comece a planear as suas férias viajando leve e sem esforços, porque quando chegar a Peniche e encontrar aquela onda que faz acordar os seus instintos, o aluguer de material de surf disponível irá suprir-lhe as necessidades e permitir-lhe usufruir de todos os prazeres do mar, sem os inconvenientes de uma compra. 

August 14, 2015

As tendências e os equipamentos desportivos em peniche

O mercado Europeu de equipamentos desportivos

A procura por equipamentos desportivos em Peniche atinge no Verão um dos seus picos. Na Europa encontramos efectivamente duas culturas relativamente diferentes de comercialização de equipamentos desportivos. Por um lado, nos países mais a Leste, existe uma predominância de marcas com as suas próprias lojas, enquanto na Europa dos países do Oeste a tendência é para lojas multi-marcas que oferecem opções bastante completas para a prática de desportos variados. equipamentos desportivos

Condições meteorológicas ditam, obviamente, o tipo de desportos mais praticados e procurados pelas populações, com os desportos de neve predominantes na Europa do Norte, enquanto os países mediterrânicos apresentam uma maior tradição de desportos aquáticos, graças às águas mais amenas. Os destinos turísticos em Portugal, Espanha e França podem no entanto ser um caso separado de estudo, pois têm de obedecer às expectativas de turistas de diferentes proveniências e tradições desportivas, uma tendência sem dúvida mais evidente durante os meses de verão quando os veraneantes chegam ao país vindos de todos os países da Europa.

É por isso que a oferta de equipamentos desportivos em Peniche cobre uma pluralidade de desportos tanto em terra quanto no mar. Comum a todas as tendências é uma maior aposta em desportos ao ar livre. A economia local depende da sua capacidade de cobrir todas as possibilidades.

Onde até há alguns anos dominavam os desportos dentro de pavilhão ou local próprio, em tempos recentes uma filosofia de aproximação à natureza e comunhão com o meio ambiente, a par com a consciencialização da necessidade de adquirirmos estilos de vida saudáveis, os desportos ao ar livre têm ganho bastantes adeptos. Embora existam competições nas mais variadas áreas, a atracção dos desportos outdoor é muitas vezes o aspecto colaborativo ou então individual, com a prática a adoptar uma envolvência mais adequada ás características de cada praticante.

Quais são as tendências para os equipamentos desportivos em Peniche?

Em Peniche, a ideia de desporto é quase indissociável do surf e das condições soberbas para a sua prática, mas tal como Kalani David é tão exímio no surf quanto no skate, o desporto em Peniche acaba por ser um modo de vida, mesmo quando as ondas não estão de feição, o que é extremamente raro.

É por isso que Peniche possui uma ampla gama de infraestruturas para a prática de desportos outdoor que incluem BTT, off-road, trail, ou corrida simples. Transversal a tudo isto é sem dúvida a prática de desporto fora de portas.

Uma outra tendência assiste-se actualmente, e tem que ver precisamente com os modos de vida saudáveis. Cada vez mais assistimos à utilização de roupas multi-funções, ou mais correctamente “desportivas”, de aplicação geral e não especializadas. Cada vez mais os surfistas não vão de automóvel para a praia, mas optam por uma bicicleta para as suas deslocações mais curtas.BTT

A idade começa também a não ser uma marca dos desportistas. Os equipamentos desportivos em Peniche são cada vez mais procurados por casais de idade avançada e reformados. A prática desportiva transcende assim barreiras e clichés, e já não é apenas uma marca do fulgor da juventude: indivíduos de todas as idades procuram agora férias com uma componente saudável, e esperam manter-se em forma, mesmo com o avançar da idade, como forma de manterem uma elevada qualidade de vida durante os anos vindouros. O ócio é cada vez menos um elemento típico de férias, substituído por actividade física e aventura.

A oferta de equipamentos desportivos em Peniche acompanha estas tendências e alterações demográficas, e por isso a região é um local tão procurado para quem deseja ter férias com uma saudável prática de desporto, assistindo a uma popularidade crescente. Quer veja a Peniche para cavalgar as ondas, percorrer as florestas ou simplesmente conhecer as ruas históricas da cidade, há uma maneira de o fazer de modo desportivo e saudável.

August 14, 2015

Este Verão é obrigatório descobrir Portugal

As férias de Verão estão perigosamente perto, e as principais referências de turismo começam a deixar as suas recomendações. As notícias são boas para Portugal e os Portugueses, com a Lonely Planet a considerar os Açores, Porto e as praias de Peniche como visitas obrigatórias este Verão, tornando 2015 definitivamente o ano para descobrir Portugal.

Descobrir Portugal é obrigatório em 2015

Para sermos específicos, o site seleccionou dez locais na Europa, dos quais três são em Portugal, a começar pelos Açores logo no 3º lugar, atrás de Akureyri, na Islândia e Leipzig, na Alemanha. Aos que desejam descobrir Portugal nesta sua versão paradisíaca, os Açores têm a seu favor a preservação da natureza, as paisagens vulcânicas impressionantes e únicas na Europa, além de uma ampla fauna costeira e marinha. Os Açores são por excelência a terra dos cumes verdejantes e lagoas fascinantes.descobrir Portugal

Já o outro destino obrigatório para quem quiser descobrir Portugal é o Porto, em anos recentes um dos destinos mais cobiçados em Portugal, mas os seus atractivos, ao invés da natureza, são o charme das suas ruas e a arquitectura centenária dos seus edifícios, e uma vida nocturna cada vez mais artística e erudita. Sem esquecer, claro, o grande néctar dos deuses que é o Vinho do Porto. O Porto ocupa o 10º lugar da lista dos 10 destinos turísticos obrigatórios para 2015.

Mas é verdadeiramente impossível falar em descobrir Portugal sem se falar em descobrir as suas praias, no que é uma das mais belas e extensas orlas marítimas da Europa. É aqui que entra Peniche, número 2 das melhores praias Europeias.

Se França ou Itália têm a fama, Portugal tem certamente a qualidade. Peniche é dos mais extraordinários pontos de mar no país, e uma das mais cobiçadas paragens para surfistas, graças às condições excepcionais da península que autorizam a prática do desporto praticamente durante todo o ano, ainda mais com as praias da Lourinhã e Ericeira ali tão perto. A uma curta viagem de barco de distância, as Berlengas estão mesmo ali, com fauna e flora ímpares em toda a Europa, e as suas famosas águas cristalinas.

Mas Peniche é igualmente história, com o seu forte seiscentista, e a longa tradição piscatória. Localizada na costa sul da península, temos também a caverna da Furninha, habitada durante o período paleolítico e um dos pontos arqueológicos mais importantes da zona. Isto sem falar nas inúmeras igrejas decoradas em diversos estilos arquitectónicos, do gótico ao barroco, e pontos de visita obrigatórios para quem gosta de visitar tesouros arquitectónicos.

Como descobrir Peniche sem esvaziar a bolsa

Peniche possui actualmente um conjunto de estruturas turísticas bastante avançadas, que vão desde os hotéis mais requintados, a surf houses de espírito aberto para férias em família e lições de surf para todas as idades. A localidade e as zonas circundantes oferecem por isso as férias ideais para qualquer orçamento e igualmente para qualquer filosofia de descanso, quer esta prefira os seus momentos zen ou a prática dos desportos em terra ou na água: BTT, canoagem, surf e mesmo a pesca, com a barragem de S. Domingos a ser um ponto de referência; tudo é possível na região. 9fcecf3d73 mini campervan

A aumentar o seu potencial, as riquezas de Óbidos e Caldas da Rainha estão mesmo ali ao lado. E chegar lá é fácil.

Quem quiser descobrir Portugal e Peniche em particular tem hoje em dia alternativas bastante económicas que lhe dão liberdade plena para explorar tudo o que a região tem para oferecer. O aluguer de scooters e autocaravanas é ideal para quem deseja a máxima mobilidade sem estar “ancorado” em qualquer unidade hoteleira, nem ter de viajar carregado de bagagem. Para as digressões mais amigas do ambiente, uma bicicleta é ainda melhor e com as duas rodas torna-se fácil explorar tanto as praias quanto as serranias.

Por isso, este ano venha descobrir Portugal e os tesouros de Peniche. Para quê procurar lá fora, quando há tanto para ser visto cá dentro?

 

July 20, 2015

Dedique estas férias a descobrir Portugal de lés-a-lés

Chegou, finalmente, o período mas desejado do ano: as férias. Mas, com elas, chegou também o momento decidir como ocupar este período de lazer e descanso, o que nem sempre se revela uma tarefa fácil para a maioria das pessoas. As ofertas são muitas e o orçamento familiar não é, infelizmente, elástico. Por isso mesmo, deixamos o desafio: que tal fazer as suas férias “cá dentro” e dedicar alguns dias a descobrir Portugal de lés-a-lés? Garante-se momentos únicos de diversão, de tranquilidade e de descobertas únicas neste país que esconde paraísos paisagísticos verdadeiramente surpreendentes!

O que pode Potugal oferecer, para além de praia e boa comida?

5170ef2589 7d576f9a25 mini auto-caravanaBom, mesmo que Portugal só oferecesse praia e boa comida, já teríamos aqui dois ingredientes fantásticos para umas boas férias! Mas a verdade é que, apesar de o nosso país ser essencialmente conhecido pelas suas maravilhosas praias, existem muitas outras opções para quem procura descobrir Portugal na sua essência.

Começando pela zona norte de Portugal, pode, por exemplo, pode fascinar-se com Braga, uma cidade incomparável e que é conhecida pela densa vegetação e pela enorme riqueza histórica – tendo sido precisamente aqui que nasceu Dom Afonso Henriques, o que faz com que esta cidade esteja repleta de monumentos e pontos turísticos que relatam a história de Portugal.

Uns quilómetros abaixo, encontra-se o Porto, que oferece inúmeras atividades culturais, desportivas e de lazer e que é conhecido pelas tradicionais francesinhas que fazem anualmente as delícias de milhares de turistas nacionais e internacionais.

E para se continuar a descobrir Portugal na zona centro, é inevitável visitar a histórica cidade de Alcobaça, caraterizada pelas ruas de aspeto medieval e pelas igrejas tradicionais, destacando-se aquela que é conhecida como a maior igreja portuguesa: o Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça. Imperdível é também Aveiro, uma cidade conhecida pelos canais que podem ser percorridos em barcos moliceiros, ou Coimbra, cidade a que se associa a vida estudantil, o fado académico e as inúmeras atividades históricas e culturais.

Passando Lisboa, a capital que acolhe a maioria dos eventos culturais do país, entra-se no maravilhoso Alentejo, que reune vilas, cidades e aldeias de uma beleza única. Aqui, destaca-se Évora e o seu sumptuoso templo romano, Beja com os seus valiosos vestígios arqueológicos, e Estremoz – que é uma cidade conhecida pelas magníficas paisagens planas e pelos seus traços medievais.

E, depois, sim, pode terminar-se de descobrir Portugal no turístico Algarve que, de Sagres a Tavira, oferece praias maravilhosas que são anualmente procuradas por milhões de pessoas.

Descobrir Portugal a baixo custo

Obviamente que a aventura de descobrir Portugal de lés-a-lés pode soar a um investimento que nem todas as carteiras podem suportar. Mas esta ideia não corresponde à verdade. Deixamos-lhe, por isso, apenas quatro dicas para que consiga descobrir Portugal a baixo custo (mesmo!):

  • Comece por definir o seu plafond para as suas férias. Estipule o valor máximo que pretende gastar e garanta o máximo rigor no cumprimento desse orçamento;
  • Trace o itinerário. Pesquise os locais que gostava de visitar e defina o roteiro da viagem, procurando assegurar que não lhe escapam pontos de interesse que depois possa descobrir quando já estiver de férias e que, pretendendo visitar, possam alterar o orçamento inicialmente estipulado;
  • Procure alojamentos de qualidade, mas a baixo custo. Os hostels são uma excelente opção, apresentando valores muito em conta e condições bastante razoáveis para quem não necessita de alojamento durante muitos dias. Em alternativa, alugar uma autocaravana pode ser uma excelente solução, respondendo tanto à necessidade de alojamento como de deslocações;
  • Escolha um meio de transporte acessível e barato. Se a viagem for feita em casal ou com apenas mais um acompanhante, pode ainda aventurar-se numas “férias em duas rodas”, alugando uma scooter que lhe permitirá chegar a todos os locais de um modo bastante prático e acessível.

Como se pode perceber, descobrir Portugal de lés-a-lés pode ser a melhor alternativa para as suas férias deste ano. A baixo custo mas com total garantia de satisfação!

July 11, 2015

Aluguer de scooters em Peniche permite liberdade total

No final do ano passado, o site Trivago divulgou um relatório que posiciona Peniche e Figueira da Foz como grandes pilares turísticos nacionais, sendo precisamente estes dois dos destinos mais procurados pelos portugueses que optam por gozar férias “cá dentro”. Peniche é, particularmente, um destino que tanto agrada às pessoas que procuram um local mais tranquilo para passar alguns momentos de descanso, como àqueles que desejam viver aventuras mais radicais e entusiasmantes, seja no embalo das ondas que anualmente recebem milhares de surfistas ou na vida noturna que a cidade disponibiliza aos amantes da boémia e da diversão. Se este é o teu caso, sabe que, apesar das praias e da nida notívaga, Peniche tem muito mais para oferecer. É por isso mesmo que o aluguer de scooters em Peniche tem cada vez mais procura por parte de turistas nacionais e internacionais que, no conforto de duas rodas, procuram ficar a conhecer todos os recantos esquecidos desta que é conhecida como uma das mais bonitas cidades piscatórias de Portugal.

Aluguer de scooters em Peniche é mais barato que um jantar a dois!

Parece mentira, mas é verdade. Vais jantar com a tua cara metade e basta que peçam uma pizza média e dois refrigerantes para que o teu orçamento semanal pareça ter voado. Pois isto não acontece com o aluguer de scooters em Peniche, que se encontra por valor verdadeiramente únicos. Para teres uma ideia, alugar uma scooter durante 24 horas custa apenas 30 euros, incluindo já seguro contra terceiros, quilómetros ilimitados, capacete de condutor e cadeado de segurança. E, se optares por alugar a scooter por uma semana inteira, terás de pagar apenas 150 euros, o que não se compara ao que terias de gastar se duas pessoas andassem de transportes públicos para conseguir percorrer e visitar todos os cantos da cidade e arredores.

Não penses, no entanto, que ao recorrer ao aluguer de scooters em Peniche te vão entregar uma bicicleta com motor! As scooters disponibilizadas têm excelente imagem, são automáticas, trabalham com motores de quatro tempos (com 55 cc de cilindrada) e são extremamente fáceis de conduzir, consumindo ainda apenas 1.6 litros aos 100 quilómetros.

aluguer de scooters em peniche

Considerado tudo isto, podes então concluir que o aluguer de scooters em Penhiche é a melhor aposta para poupar custos e rentabilizar o tempo livre – sobretudo se o teu “pendura” dividir o valor e a diversão contigo!

Andar de mota não é perigoso?

Obviamente que tens de ter cuidado quando andas de mota e que todos os cuidados são poucos quando somos transportados por apenas duas rodas. No entanto, é preciso ter em conta que o trânsito em Peniche não se compara ao de outras grandes cidades portuguesas e que o aluguer de scooters em Peniche disponibiliza motas que não circulam a mais de 70 km/hora, o que significa que as tuas viagens vão ser muito controladas.

Ainda assim, há alguns cuidados que deves assegurar:

  • o capacete deve ter sempre a medida certa e ser usado com o fecho bem apertado;
  • as luzes da moto devem manter-se acesas, sempre que possível, para que a scooter seja bem visível pelas outras pessoas que circulam na estrada;
  • ocupa sempre o espaço no meio da estrada, evitando as manobras de aceleramento no meio de outras viaturas;
  • cuidado com o piso molhado que pode propiciar acidentes e que obriga a que se circule a uma velocidade reduzida;
  • manter uma distância razoável de outros veículos;
  • esquece os cavalinhos e outras manobras perigosas que algumas pessoas tanto gostam de exibir na estrada (e que, convenhamos, são meio caminho andado para um braço partido);
  • em ruas mais estradas, redobra o cuidado e reduz a velocidade, porque muitos acidentes ocorrem com condutores de motas que não viram pessoas que inadvertidamente na estrada ou outras que abrem repentinamente a porta dos seus carros.

Garantindo estes cuidados, não precisas recear montar uma mota como as estão disponíveis nas lojas de aluguer de scooters em Peniche – e que apenas implicam que tenhas carta de condução A (motociclos) ou B (veículos ligeiros). Por isso, sobe para a tua scooter e prepara-te para conhecer Peniche com total liberdade!

July 10, 2015

Adere ao aluguer de motas na 2ª melhor praia europeia

A revista de viagens Lonely Planet considerou Peniche como a segunda melhor praia da Europa em 2015, numa tabela liderada pela Jaz, em Montenegro. Segundo a notícia publicada, “os apaixonados por história ficarão maravilhados com a zona mais antiga de Peniche, com as suas igrejas e o forte da cidade (…). Para praticar mergulho, pode apanhar-se um barco até às águas claras da reserva natural das ilhas Berlengas”, adiantanto ainda que, para os amantes do surf, tanto a Supertubos como a Medão Grande “são ideais para principiantes e famílias e, de uma forma geral, para descansar”. Peniche é, assim, um destino que agrada tanto aos mais radicais amantes do surf como às pessoas que se pretendem essencialmente perder na magnitude paisagística e histórica desta cidade. Se também tu queres aproveitar uns dias para conhecer esta cidade costeira, sabe então que o aluguer de motas em Peniche pode ser a melhor opção para conheceres a localidade e te aventurares em caminhos que ainda não te atreveste a explorar.

Que tipo de motas se pode encontrar em Peniche?

Scooters 2014Sendo uma cidade muito procurada por jovens, o aluguer de motas em Peniche disponibiliza sobretudo veículos de fácil condução: as scooters. Estas motas são extremamente práticas e simples de manobrar, não dispondo de mudanças, propiciando um maior equilíbrio do corpo, um arranque rápido, mas uma aceleração bastante controlada. As scooters revelam-se, assim, bastante eficazes para quem pretende circular por uma cidade, com total conforto, segurança e poupança, já que estas motas apenas consomem uma média de 1.6 litros aos 100 km.

Para além disso, o aluguer de motas em Peniche é uma opção bastante acessível à maioria das carteiras, sendo possível alugar uma scooter durante 24 horas por apenas 30€, o que já inclui o capacete do condutor (um capacete extra terá o custo de 5€), o seguro contra terceiros, quilómetros ilimitados e cadeado de segurança. Um valor a que dificilmente consegues encontrar um automóvel e que não seria suficiente no caso de pretenderes correr toda a cidade e arredores em transportes públicos.

Para poderes recorrer ao aluguer de motas em Peniche apenas necessitas de ter 18 anos já completos e carta de concução A (motociclos) ou B (veículos ligeiros). Depois disso, é só pegares na tua scooter e percorrer os maravilhosos caminhos da cidade de Peniche!

Atenção ao uso que dás à mota!

É preciso ter em conta que uma scooter não é uma mota todo-o-terreno (TT), pelo que há zonas em que não te podes aventurar com a tua moreta. Até porque, ao procurares o aluguer de motas em Peniche, será estipulado e assinado um contrato de utilização, o que significa que terás de te responsabilizar por quaisquer danos que ocorram na utilização da scooter, que deve ser devolvida sempre em bom estado de conservação e limpeza.

Se a scooter estiver suja com lama ou outros resíduos, poderás ter de pagar uma taxa de limpeza, e qualquer dano, perca de acessórios ou de peças será da tua responsabilidade, pelo que terá de ocorrer um pagamento de acordo com a tabela da empresa a quem fizeste o aluguer de motos em Peniche.

E porque uma scooter não é realmente uma mota TT, tem atenção também à tua segurança e esquece as subidas íngremes, os cavalinhos e os “piões” em espaços baldios. Estas motas não foram pensadas para esses efeitos, pelo que apenas irás comprometer a tua segurança, a saúde do teu corpo e, claro, a saúde da tua carteira – porque já sabes que, ocorrendo algum problema com a scooter, terás tu de assumir financeiramente a resolução do tema.

Mas se garantires a boa utilização da scooter, depressa vais perceber que o aluguer de motas em Peniche é realmente a melhor opção para quem pretende conhecer esta linda cidade, considerada agora como detentora da segunda melhor praia da europa. Com uma scooter, vais obter agilidade, conforto, liberdade, contacto com a natureza e poupança absoluta – tudo aquilo de que precisas para viver uns dias de sonho!

July 7, 2015

Queres conhecer a capital do surf em Portugal?

E o que perguntamos é se queres conhecer mesmo, e a fundo, a cidade de Peniche, conhecida pelas suas extraordinárias praias que todos os anos servem de palco aos maios conhecidos torneios mundiais de surf. Ou seja, queremos saber se o que pretendes é simplesmente pôr a prancha debaixo do braço e andar a experimentar as radicais ondas da Supertubos ou se, pelo contrário, queres aliar o desporto à descoberta desta cidade que, mesmo que não pareça à primeira vista, esconde verdadeiros tesouros históricos e paisagísticos. Se é este o caso, sabe então que podes alugar bicicletas em Peniche e que, em duas rodas, poderás visitar os maravilhosos recantos de peniche, sem custos desnecessários nem preocupações com transportes públicos que te limitam, tantas vezes, a independência em estrada.

Começa pelos pontos culturais e depois relaxa na “ilha dos deuses”

Ainda acreditas que os pontos de interesse cultural têm pouco a ver com a tua personalidade jovem e irreverente? Então, prepara-te para mudar de opinião. Peniche, por ser uma cidade costeira, faz com que todos os monumentos e pontos de interesse turístico sejam especialmente interessantes, sobretudo pelo peso que a paisagem e o mar têm em todos os locais, fazendo de qualquer sítio visitado um marco para as tuas melhores fotografias. Por isso, se optares por alugar bicicletas em Peniche e estás com disposição para deixar estas férias marcadas em fotografias “para mais tarde recordar”, não percas a oportunidade de visitar alguns locais verdadeiramente imperdíveis:

  • Fortaleza de Peniche: este monumento foi utilizado de diversos modos, de acordo com as necessidades e as vicissitudes históricas de cada época, tendo sido mandado construir em 1557 por D. João III e sendo um dos mais emblemáticos pontos da cidade de Peniche;
  • Fonte do Rosário: trata-se de uma imponente fonte de mergulho em que foi construída uma rampa de acesso e um pátio interior que antigamente servia para que as carroças fizessem inversão do sentido de marcha no local;
  • Touril Atouguia da Baleia: julga-se que este espaço tenha servido de palco a lides tauromáquicas, tratando-se de um dos mais antigos exemplares do género existentes em Portugal;
  • Forte da Consolação: mandado edificar em 1641 por D. João IV, este forte encontra-se rodeado de uma paisagem magnífica, rodeando-se de praias em que vais querer mergulhar e de cafés e esplanadas onde podes relaxar enquanto te delicias com a fantástica vista marítima.

Depois de conheceres estes pontos turísticos, pega na bicicleta e vai até ao cais de embarque para poderes, então, visitar o maravilhoso arquipélago das Berlengas, conhecido como a verdadeira “ilha dos Deuses”. Na Ilha da Berlenga vais poder conhecer este repositório de diversidade genética, de espécies e de habitats, que é tido como um Sítio de Interesse Comunitário.

Achas que férias tão animadas vão sair caras?

01 BicicletaEntão, prepara para te surpreenderes, porque se optares por alugar bicicletas em Peniche vais poder fazer umas férias verdadeiramente low-cost! O aluguer de bicicletas tem um valor diário bastante reduzido e combate radicalmente quaisquer outros custos relacionados com combustíveis ou transportes, sendo ainda uma excelente forma de fazer férias com máximo respeito pelo ambiente.

E, para complementar o aluguer de bicicletas, podes ainda reduzir o investimento nestas próximas férias de optares por alojamento em hostels ou até em tantas das surf-houses que existem em Peniche e que oferecem normalmente valores muito em conta – permitindo ainda, muitas vezes, que as refeições sejam preparadas nas copas ou cozinhas destes espaços hoteleiros (o que te permite poupar em restaurantes e aproveitar para fazer com a máxima poupança as tuas compras alimentares nos super e hipermercados que existem na cidade).

Por isso, se vais passar alguns dias na conhecida capital portuguesa do surf, não percas a oportunidade de alugar bicicletas em Peniche e de, neste radical meio de transporte, conhecer de uma ponta à outra as imperdíveis paisagens e zonas históricas e culturais da cidade.

July 7, 2015

Alugar autocaravanas baratas favorece férias low-cost

Apesar de os estudos apontarem para o facto de Portugal estar gradualmente a sair da complicada contenção económica instalada há alguns anos, a verdade é que ainda são muitos os portugueses que têm de garantir o máximo cuidado com os seus gastos, evitando por isso despesas extra ou supérfluas. Significa isto que, com a chegada do período de férias, há milhares de pessoas a procurar as soluções mais acessíveis para os dias de descanso, sem com isso comprometer a qualidade e o conforto tão desejados. É precisamente para estes casos que alugar autocaravanas baratas se pode relevar a melhor opção, conseguindo-se assim umas férias de total aventura, mas com máxima comodidade.

Imagine-se de férias e rodeado das pessoas de quem mais gosta…

740caeffcf aaa77ad9ea 1a61d87340 075550653b wildside… e agora acredite que este sonho é possível de realizar se considerar alugar autocaravanas baratas que lhe permitam ir, com a sua família ou os seus amigos, numa viagem recheada de aventuras e de descobertas. E mesmo que tenha filhos pequenos, saiba que esta opção vai fazer as delícias dos mais novos, que vão adorar passar férias num espaço em que podem não só viajar, como ainda comer e dormir.

Para além disso, alugar autocaravanas baratas garante ainda a máxima poupança em período de férias, já que permite conter bastante os gastos em transportes, em alimentação e em alojamento, conseguindo-se assim um verdadeiro “três em um” que mesmo outras alternativas low-cost não conseguem combater.

Uma autocaravana é ainda uma excelente opção para quem pretende liberdade total em férias, permitindo-lhe viajar dentro e fora de Portugal, sem quaisquer preocupações relacionadas com horários ou burocracias que as unidades hoteleiras normalmente impôem. Isto, sempre com total segurança, na medida em que, mesmo ao alugar autocaravanas baratas, se tem sempre disponível um serviço de assistência 24 horas para qualquer urgência ou necessidade de última hora.

Já escolheu a autocaravana que mais lhe agrada?

A verdade é que, ao fazer pesquisas sobre o aluguer de autocaravanas baratas, o difícil vai ser escolher a mais indicada. Isto, porque a maioria das autocaravanas parecem simplesmente irresistíveis, satisfazendo as necessidades e as expectativas até dos clientes mais exigentes com modelos bastante variados:

  • modelo comfort: este modelo é especialmente pensado para quem procura máximo conforto e comodidade, estando totalmente equipado com utensílios de grande utilidade (desde produtos de limpeza a papel higiénico), com materiais de cozinha, com um kit de primeiros socorros e com um completo mapa de estradas de Portugal. Tudo para que um grupo de até quatro pessoas possa viver as mais confortáveis aventuras em estrada.
  • modelo explorer: totalmente adaptado a quem pretende viver as melhores aventuras, este modelo está equipado com materiais de primeira necessidade, com isolamento térmico e acústico, com tomada elétrica, com cofre de segurança e depósito de água 50L, por forma a que a exploração em férias comece dentro da autocaravana!
  • modelo Eco: tem grandes preocupações ecológicas e ambientais? Então, este é o modelo certo para si! Tratando-se de uma autocaravana com capacidade máxima de três pessoas, este modelo garante o máximo cuidado com o ambiente sem reduzir de forma alguma a aventura e o prazer de “passar férias na estrada”.

Existe ainda a possibilidade de encontrar diversos modelos com preços promocionais, sendo possível alugar uma autocaravana por menos de 70 euros por dia, o que inclui já seguro base, quilómetros ilimitados e todos os extras ou complementos incluídos em cada modelo de viatura. O que significa que um grupo de quatro pessoas pode ter, para umas férias de sete dias, encargos de apenas 490€ numa autocaravana que o pode transportar até milhares de distância do ponto de partida.

Ainda tem dúvidas de que alugar autocaravanas baratas pode ser a melhor opção para umas férias de baixo custo e com momentos que prometem ser verdadeiramente únicos e inesquecíveis? Se sim, prepare-se para perder estas dúvidas. É que nos esquecemos de referir que tudo isto pode estar à distância de um simples clique!